segunda-feira, 10 de abril de 2017

1 ano

Como as coisas mudam, como eu estava a um ano atrás. Estava nervosa e cheia de expectativas, eu sabia que aquele dia poderia me mudar para sempre e foi isso mesmo que aconteceu.
Era um domingo lindo e eu estava pronta para mais uma caminhada de todo domingo, sim eu caminhava todo domingo e aquele era só mais um domingo. Porém eu tinha planos para aquele domingo, eu não queria que ele fosse só mais um domingo, eu queria encontrar e conversar com meu amor. Eu e ele tínhamos começado a se aproximar mas nada demais, só alguns ois e conversas bobas. Mal sabia eu que naquele simples domingo minha vida ia mudar completamente.


Eu estava pronta, tênis, short saia e uma blusa enorme. Cabelos ao vento e minha parceira de caminhada comigo. Fomos caminhar e eu não conseguia pensar em outra coisa a não ser no nosso "encontro" não programado. Eu estava com a cabeça a mil, pensamentos e pensamentos. Também estava a procura de uma boa desculpa para passar na casa dele, porque passar lá atoa não dava,, eu não tinha toda essa intimidade.
Fomos andando e andando e enfim chegamos ate a casa dele, eu parei no portão e um frio na barriga tomou conta de mim, e foi ai que eu dei o primeiro grito e esperei. Esperei mais um pouco e nada, tentei de novo e mais uma vez nada. Fiquei triste e minha amiga me convenceu de irmos e na volta passarmos lá.
Confesso que fiquei muito triste e no caminho ela falou mil coisas que eu realmente não prestei atenção. Eu só queria saber o por que ele não estava em casa, aonde ele estava e o meu plano tinha sido um fracasso.
Na volta passamos lá novamente e eu já não tinha mais esperanças, pedi para passarmos lá de novo, eu estava decidida a só dar mais um grito e foi isso que eu fiz. Dei um grande berro e dessa vez ele ouviu e apareceu na janela, olhou para nós e veio ate o portão. Nessa hora meu coração se encheu de alegria e esperanças. Mas ao mesmo tempo minha barriga congelou e eu comecei a ficar sem graça e todo plano de falar mim coisas sumiu da minha cabeça. E agora?
Fiquei meio aflita e a unica coisa que conseguir falar quando ele apareceu no portão foi pedir água. E foi assim que tudo começou. Ele chamou a gente pra entrar, a gente entrou e bebeu bastante água, enchemos os vidrinhos e ainda batemos um bom papo. Ele falou de tanta coisa e na minha mente eu tentando pensar em um jeito de jogar uma indireta, eu estava muito sem graça confesso.
Mas não precisou eu me esforçar tanto, ele sacou. Foi quando minha amiga se afastou e eu e ele ficamos sozinhos e ele chegou bem perto de mim e disse a seguinte frase "Hoje você ta diferente". Ele entendeu o recado sem eu dizer muita coisa, ele beijou a minha mão e nos abraçamos. E realmente foi só isso, nada do que eu imaginei, nada do que eu planejei. Mais lembro que fomos embora e eu estava sem graça mas ao mesmo tempo feliz e ao mesmo tempo decepcionada. Eu me lembrava de cada segundo, do jeito que ele mudou a voz, do olhar dele para mim, lembrava de tudo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

© RM Desing - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tema Base: Butlariz.
imagem-logo