sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Diário de Elisa - Parte 10

Caminhando com Damon por uma estrada de chão. Eu e ele permanecíamos em silêncio. Apesar de termos uma conectividade eu não podia saber o que ele estava pensando e ele muito menos. A noite estava estrelada e lua iluminava nosso caminho. Ate que ele parou, olhou para mim e disse:
- Por que não deixou eu matar ele?
- Aquele não era você.
- Como sabe que não?
- Eu sinto.
- Sente nada você tava defendendo o velhote, por que?
- Quer saber tava mesmo.

Um dia atrás.

Um senhor em um cavalo vinha pela mesma estrada, ele parecia cansado e estava indo para casa. Ele via cantarolando alguma canção qualquer. Quando ouve um barulho.

- Quem ta ai? - Diz ele meio assustado.
Ninguém aparece, mas ele percebe que não esta só. Ele tira seu revolver para fora.
- Vai falar quem ta ai não, eu não tenho dinheiro não!
Damon e Eric aparecem. Eric começa dizendo:
- Calma velhote, estamos em paz.
- Fica tranquilo, pode fica.
- O que vocês querem? Não tenho dinheiro não.
- Fica frio que não queremos seu dinheiro.
Ele assustado dispara um tiro contra Damon que aparece em seu lado.
- Como fez isso?
Damon tira o revolver da mão dele e joga na mata.
- Calma, ta meio estressado por que?

E eu estava em casa senti uma coisa estranha, percebi que tinha algo errado. Então liguei para Rafa e perguntei se ela sabia do Damon, ela então me disse que ele tinha saído a um tempo com o Eric.
Ali começou minha preocupação, algo estava errado sim. Fui ate um buteco onde Damon costumava ir, era perto da minha casa e perguntei:
- Alguém por acaso viu o Damon?
- Sim, ele estava aqui com o Eric mas eles subiram em direção a roça. - Disse um rapaz.
- Antes deles mais alguém subiu? - Disse eu preocupada.
- Sim, o Seu Lúcio subiu de cavalo antes.
- Meu Deus não pode ser.
- O que foi Lisa, aconteceu alguma coisa? - Disse Tetim dono do bar.
- Não nada não.



Sai em direção a roça, o mais rápido que pude. Cheguei quando Damon estava bem próximo do senhor. Apareci na frente dele para tentar impedir algo mais grave. Sim eles iam matar ele, mas eu não ia permitir. Era para o bem de Damon, mas não sei se ele ia entender. E foi o que aconteceu.
- O que você ta fazendo aqui? - Disse Damon com olhos de sangue.
- Impedindo que você faça uma merda.
- Sai daqui garota! - Gritou Eric.
- Não vou sair, vocês não vão matar ele.
- E quem vai me impedir, você? HAHAHAHAHA.
- Sim eu, eu vou impedir você!
- Uma chuvinha não vai me impedir!
- Mas um temporal vai!


Podiam se ouvir trovões a km de distancia. As pessoas na cidade não entendiam como uma noite estrelada de repente virou um temporal gigantesco. Mas era apenas Elisa.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

© RM Desing - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tema Base: Butlariz.
imagem-logo