sábado, 5 de setembro de 2015

Diário de Elisa - Parte 8

Achei que não tivesse medo de nada. Que nunca seria perigo para os meus pais, mas foi. E eu tive muito medo. Medo que me corroeu por completa. Medo que me fez chorar, medo que me calou por instantes. Essa palavra que nunca tinha sido usada nesse dia foi.

Sábado, de manhã.

Acordei bem cedinho, tinha jurado para mim mesma arrumar meu quarto que estava uma zona, diga-se de passagem. Fui no quarto dos meus pais e eles já não estavam mais em casa.
Minha mãe é delegada de Policia e meu pai é advogado. Sempre estão ocupados e quase nunca em casa. Mesmo nos finais de semana.
Fui na cozinha fiz meu café, e me senti sozinha mais uma vez.
Fui para o meu quarto e estava morta de preguiça mas abri as janelas e o sol entrou por elas e clareou todo meu escuro quarto. O dia estava lindo. Os pássaros voavam livres e cantavam.
O pulo do gato ou da gata. Que ao meu ver nem é gata assim.
Ela sempre esta lá, acredito eu que ela não sabe que eu sei do seu segredo. Sei que assim como eu, ela é diferente da massa. Mas somos felizes, eu acho.
Ela me olhava intensamente, não sei se queria me falar algo ou estava vendo como agia naturalmente a ela. Mas fingi que ela não estava mais lá e comecei a arrumar o meu quarto, gastei exatamente uma hora e meia arrumando. Sim, estava uma zona.
E a gatinha ainda estava lá, eu olhei para ela e ela continuava a olhar fixamente para mim. Tentei disfarçar mas não consegui.
Então eu disse: - Oi gatinha linda, quer brincar?
E ela me respondeu exatamente assim: Miauu!
Hahahaha Surpresa não foi né.
Então sai do meu quarto e fui para sala.
- AAAAAAAh, Como entrou aqui? E como foi tão rápida?
Para minha surpresa a gatinha estava ali. Na minha frente. Minha casa não é tão grande, e ela não seria tão rápida assim. Fora que só as janelas do meu quarto estavam abertas, e elas possuem telas de proteção.
Ela continuava parada e com o olhar fixamente em mim. Eu realmente não sabia o que fazer. Então repeti a pergunta: - Quer Brincar? e me virei fui em direção a cozinha.
- Olha como esta a gatinha agora. - Disse eu me virando em sua direção e ironicamente.
Ela estava lá na minha frente. Transformada e de pele laranja.
- O que você quer comigo Misty?
- Quero conversar. Você esta correndo perigo. - Disse ela meio apreensiva.
- Como assim correndo perigo? - Disse eu meio surpresa.
- Ele vai tirar tudo que é seu, sua família, seus amigos, tudo. Ele quer você do lado dele.
- Ele quem? Quem é ele?
- Magnos. Seu pai. - Disse ela.
Nessa hora meio que ficou um silêncio e eu estava surpresa. Já tinha ouvido falar desse cara uma vez. Mas realmente não imaginei que ele realmente existisse.
- O que você sabe? - Disse eu.
- Já dei o meu recado, toma muito cuidado, e ele não ta sozinho, se quer saber.
Ela sumiu.
Eu não sabia se podia confiar nela, não sabia se ela queria me ajudar ou se estava ali implantando coisas na minha cabeça. Mas resolvi não arriscar.
- Alô Tia, preciso urgentemente falar com a senhora, tem como? - Liguei para Tia Lu.
- Claro minha filha, vem para cá. - Ela disse. E eu fui.
Na casa dela ela estava sozinha.
- Oi.
- O que aconteceu minha filha?
- Eu conversei com a Misty hoje, e ela disse que o Magnos virá trás de mim.
- Como é que?
- Isso tia, mais isso não me preocupou. O que me deixou mais tensa foi saber que ele quer acabar com a minha família e isso eu não vou deixar.
- Calma Lisa, primeiro me explica essa história direito.
- Eu estava em casa sozinha, e mais uma vez a gata estava parada na minha janela. Depois que eu sai do quarto fui para sala ela estava lá. Eu não sei como ela entrou la. Tava tudo fechado, só a janela do meu quarto, mas a janela tem tela.
- A gerra vai começar.
- Guerra? Que guerra tia?
- Eu estava tentando te poupar sabe, mas agora não da mais.
- Me poupar de que? Do que a senhora ta falando tia?
- Antes de mais nada quero que você conheça uma pessoa.
- Oi Elisa, tudo bem?
- Quem é essa tia?
- Essa é a sua mãe.
Elisa fica parada em estado de choque.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

© RM Desing - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tema Base: Butlariz.
imagem-logo