sexta-feira, 5 de junho de 2015

Especial Junho: Namoro entre as idades

Se você estivesse em uma praça por exemplo com seus pais, ou com seus amigos e visse um casal um pouco diferente do tradicional. Um cara mais novo com uma mulher mais velha que ele, o que logo ia pensar? Ta com ela por interesse, a ela só pode ser rica. Pensamento assim são os mais comuns entre as pessoas que veem um casal com muita diferença de idade.
Convidei o casal Pedro (27 anos) e Adalcy (65 anos) para conversar comigo sobre isso, será que eles já sofreram ou sofrem muito preconceito por ai? E ai ficou curioso para saber dessa história? Então vamos lá!
O mês de Junho, o mês mais apaixonado de todos os meses. É dia dos namorados e vamos ter mais um especial aqui no blog.

Como vocês se conheceram?

Pedro: Bom eu conheci a Adalcy na rua. Eu estava em um bar com amigos e vi ela passando. Eu tinha acabado de sair de um relacionamento e não queria me envolver com ninguém tão cedo. Mas quando vi ela meu coração acelerou e quando vi por mim não conseguia tirar ela da cabeça.

Adalcy: Eu conheci o Pedro através de uma amiga em comum. Foi na festa de aniversario dela, quando eu vi aquele rapaz que não tirava o olho de mim lembro que fiquei muito sem graça.

Vocês já namoraram alguém com tanta diferença de idade?

Pedro: Antes da Adalcy a mulher mais velha que eu já tinha namorado era de 40 anos.

Adalcy: Não, nunca.

Ja sofreram algum tipo de preconceito por conta dessa relação?

Pedro: Nossa no começo sofri muito por parte dos meus amigos, e da minhã irmã do meio que não aceitava de jeito nenhum. Mas depois eles acabaram intendendo que eu amava ela e passaram a respeitar minha decisão.

Adalcy: Nossa demais. No começo era mais. E era mais por parte da família mesmo. Eles falavam que eu não tava mais na idade de entrar em um relacionamento, que ele tinha idade para ser meu neto, essas coisas. 








Na novela Dance Dance Dance da rede Bandeirantes foi retratada um casal com uma mulher mais velha e um rapaz mais novo. Os personagens era Diego( Dudu Pelizzari) e Leonor ( Clarisse Abujamra). O casal sofreu muito preconceito mas no fim eles conseguiram provar que amor não tinha idade.




Fiz uma pesquisa com alguns leitores para saber deles o que eles acham disso, vamos ver?


O que você acha de um cara de 27 anos que namora com uma mulher de 65?

50% das pessoas disseram que acham lindo 
30% das pessoas entrevistadas disseram que Amor existe em qualquer idade
10% das pessoas entrevistadas disseram que Ela tem idade para ser avó dele, feio demais
7%  das pessoas entrevistadas disseram que Só pode ser interesse
3% das pessoas entrevistadas disseram que  Eu acho feio


Recebi um depoimento da aluna de comunicação social Priscila Barbosa que viveu um romance com um cara mais velho, e ela conta para nós agora.

"Vivi uma experiência assim com uma pessoa que hoje acabou se tornando, depois de tantas brigas, alguém muito importante para o meu crescimento pessoal. Ele era alguns anos mais velho que eu, uns 11, eu acho. E posso afirmar que foi a pessoa na qual eu melhor me relacionei até hoje. Foi um namoro curto, mas com muitas experiências e muito intenso. No início eu precisei me preparar para essas perguntas, "você acha isso normal?" "vão achar que é interesse, você não tem medo disso?" e blá blá blá. Sim, eu tinha medo, claro. Era algo em que a sociedade não estava acostumada. Mas vamos pensar comigo, a sociedade também não estava acostumada em ver pessoas do mesmo sexo se relacionando. E hoje é "careta" quem não aceita isso. Amor não precisa ter distinções, seja da cor, dos sexos, da origem, dos status sociais ou até da idade. O preconceito se dá, quando julgamos quaisquer coisas sem saber "os dois lado da história". 
    Quando me relacionei com essa pessoa, foi algo mágico. Foi uma admiração que me conquistou, o jeito que eu era tratada, a forma como ele me elogiava, as barreiras que ele enfrentou ao meu lado, os desafios não eram poucos e ele não via problema algum em estar ao meu lado me ajudando. Antes que pensem, não era ajuda financeira, graças a Deus nunca precisei de ninguém, além dos meus pais, nessa questão. Eram palavras ditas nas horas certas, eram abraços dados quando era preciso. Eram intermináveis mensagens de preocupação quando ele sentia que eu não estava bem. Parecia até que ele adivinhava. Isso me fazia bem, eu tinha alguém que gostava de mim e isso ia além dos nossos medos.
      A sociedade cria um padrão e não somos obrigados a seguir ou aceitar isso. Somente nós sabemos o que é bom pra gente. Somente nós podemos julgar o que é certo e errado para nós.  Afinal, a minha roupa pode não te servir, mas não é porque ela não ficou bem pra você que não ficará para mim. 
      Interesse pode haver ate mesmo quando ambos sejam da mesma idade. O interesse também não tem idade pra existir. Mas garanto, o amor não enxerga dificuldade para se manter. E por menor que seja o tempo que você tenha passado ao lado de alguém, nunca descarte a possibilidade de que você verdadeiramente amou aquela pessoa. Assim como não existe idade para amar, também não há tempo limite que prove que era mesmo amor. "


O que temos que perceber que independente de a mulher ser mais velha que o rapaz ou ao contrario o homem ser mais velho que a moça todos tem um coração. Os olhos que brilham quando vê a pessoa, aquelas borboletas no estomago antes de se encontrar, aquele friozinho na barriga, mãos frias. O amor não escolhe idade, o amor escolhe qualquer um. E a melhor coisa do mundo é ter um amor correspondido. Amor é mais que aparências, amor é mais que qualquer um possa imaginar, que seja eterno enquanto dure e que dure para sempre. Que seja verdadeiro, e forte. Que seja lindo e repeitado.
É isso pessoal espero que tenham gostado do post de hoje e ate os próximos post's, um beijo!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

© RM Desing - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tema Base: Butlariz.
imagem-logo