terça-feira, 12 de maio de 2015

Apaixonada eu?




Sim, sempre apaixonada eu. Eu queria não pensar em me apaixonar tão cedo, mas consigo? Consigo não. Eu me apaixonei novamente, mesmo sabendo que irei mais uma vez quebrar a cara, como sempre acontece. Porque eu sou um bicho bobo, sou mesmo sabe. Qual a culpa que eu tenho de ter esse coração fraquinho para essas coisas, de ter esse pensamento quando te vejo, não pense besteiras, é só pensamento de coração otário e apaixonado.

Sabe tento disfarçar, mudar o rumo mas nada disso faz eu me desligar totalmente de você. Coisa chata que insiste em assombrar a minha vida. Ai você esquece e lembra, esquece e lembra, esquece e lembra. E assim vai eternamente né. Ficar nessa de não ligo para nada, eu sou forte. Ja não esta dando mais. Tento fingir que nada esta acontecendo, tenho sido uma ótima psicologa para meus amigos mas uma péssima para mim mesma.

Pesinho no chão frio, caindo na real que nunca será meu, e que sentir ciúmes de algo que não é meu é o que mais ando fazendo ultimamente. Quer saber bem lá no fundo você seja meu, mas bem lá no fundo mesmo.

Ai sabe o que ela faz, fica guardando no coração toda magoa, toda decepção, todo amor não correspondido. Sabe o que mais ela faz, ela finge que esta bem, que é forte, mas pera eu já disse isso não é. Pois é ficou repetitiva também. Coitada dela.
Ela que ser amada, quer ter carinho e um ombro para chorar todas suas magoas escondidas e guardadas, ela quer poder chorar, e gritar tudo aquilo que a faz mal.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

© RM Desing - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tema Base: Butlariz.
imagem-logo