quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Voltando da estrela

Oi, então é mais um daqueles meus textos sem nexo, que nada sem encaixa em nada, mas que para mim faz todo sentido.
Eu sou assim mesmo, meio complexa de se entender, mas quem não? Ser normal não faz muito meu estilo, e nem fazer as coisas certas. Ultimamente venho me afundando nos meus sentimentos. Tento completar o vazio, mas nada mais completa a não ser você. Você voltou, mas aquele dia que você se foi, que aquela noite, aquela estrela, aquela escada, aquele banco. Tudo isso fez parte do contexto da nossa despedida. Eu achei que você nunca mais ia voltar. E você votou.
Aquele seu sorriso branquinho, aquela sua voz roquinha, aquele seu cabelo bagunçado, só você mesmo me fazendo sorrir sem saber eu ainda penso em você.
E mais que isso eu preciso de você, só você! Quando você não esta não é a mesma coisa, foi por você que meu coração virou uma confusão só, cara porque você retornou? Na moral tudo estava bem do jeito que estava. Engraçado né hoje eu aqui e você? Onde você pode estar. Sei que terça eu irei te ver novamente, mas e se você não estiver lá? Como eu vou agir. Como eu vou viver sem você?
Como eu vivi esse tempo todo sabe, ele tinha razão era você que eu amava, era só você!
Você que fazia sorri, e como eu ria, como era bom estar ao seu lado, e a gente tinha aquele olhar que só a gente entendia, era tão magico, era tão lindo ver seus olhinhos brilhando, e o meu então? Eu pulava de alegria quando você, só você aparecia. Era sinistro cara, mais era bom. Era puro. Eu sei que errei muitas vezes com você, mais errei por amar demais. Por tentar tirar a pessoa mais legal da minha vida. Não era errado, era puro, era bom.
Esse era é que me incomoda um pouco, era ficou no passado. Era você, foi por você que eu fui, e foi bom te ver de novo.












Nenhum comentário:

Postar um comentário

© RM Desing - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tema Base: Butlariz.
imagem-logo