quarta-feira, 30 de abril de 2014

Manhã de Inverno.




  Naquele domingo frio e chuvoso eu estava de mudança, iria deixar tudo para traz, todas minhas lembranças, meus amigos, seguiria um novo destino, uma nova vida, confesso estava um pouco com medo do que me aguardaria naquela cidade nova, quem era aquele homem que minha mãe insistia em dizer agora ser meu pai. Sair do Rio Grande do Sul agora não me parecia tão bom, ir para uma nova cidade, pessoas quem eu nem sabia que eram, um novo estado, uma nova realidade me aguardava.
  Era 11:35 pegava o voo que me levaria para minha nova realidade, ate Juiz de fora segui, logo depois peguei um ônibus que por sinal estava lotado, cheguei morta e um senhor de barba e chapéu me aguardava na rodoviária, ele parecia emocionado, eu não sei ao certo por que motivo. Ele pegou minhas malas e em um táxi seguimos, ele parecia ter idade para ser meu avó, seguimos sem dizer uma palavra um com o outro, chegamos em um sitiozinho bem pequeno, casinha de telha e não muito grande, havia um cachorro enorme nos esperando no portão, confesso que fiquei com medo, a unica cachorrinha que eu estava acostumada era a Lola, e nada naquele lugar se parecia com tudo que eu tinha vivido ate aquele momento.
  Eu segui logo atrás dele, ele pegou minhas malas e carregou ate um quarto, que eu achei ser meu, colocou as minhas malas no chão e disse com uma voz cansada, que eu ficasse a vontade, me sentei na cama macia, e olhei pela janela, daquela vista bonita e um dia nublado, vi um garoto, ele estava indo em direção a porteira daquele sitio onde eu me encontrava, e assim falou com então o homem que diziam ser meu pai, mas que tinha cara de meu avó.
  Deitei na cama, e da cama conseguia ver o garoto, eles conversaram por tempos, ate que o então garoto se foi,  e sem saber nada daquele menino eu me apeguei a ele, e sei lá porque isso tinha acontecido comigo, nunca foi tão rápido, nunca me apaixonei como um foguete nessa velocidade tremenda, o pior e que nem o nome do tal garoto eu sabia, só sabia que ele havia mexido com o meu coração e havia deixado minha cabeça confusa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© RM Desing - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tema Base: Butlariz.
imagem-logo